Quantas são as perspectivas profissionais envolvidas em soluções adequadas para a moradia na velhice?

Como arquiteta e docente na formação em Gerontologia, percebi que muito da contribuição dos profissionais da arquitetura e engenharia estava restrita a questões de acessibilidade, contidas nas normas. Larguras de portas, alturas de móveis, condições de pisos e outros aspectos relativos ao déficit de capacidades dos usuários já eram resolvidos nos projetos e, portanto, não […]Read Post ›