Que concessões são necessárias para que idosos moradores em residenciais consigam conviver?

Uma das questões mais difíceis em moradias institucionais é a necessária organização dos espaços coletivos para possibilitar encontros produtivos. Salas de convivência e de TV, refeitórios, ateliês de práticas artísticas, ambientes para atividades com música, espaços de estar ao ar livre ou em varandas e outros lugares da casa, podem produzir encontros significativos para a […]Read Post ›

Quais características podem tornar mais prazerosas as refeições coletivas nos residenciais para idosos?

Quando se fala em ambiência nos residenciais para idosos, um bom caminho para verificar as dificuldades que eventualmente emergem do convívio diário é observar e investigar como é a condição de bem-estar nos ambientes coletivos. Há diferenças culturais, preferências e outros motivos que determinam a qualidade dessa convivência quando há atividades diversas, mas é no […]Read Post ›

O que idosos que moram em residenciais assistidos podem desejar como preenchimento do seu tempo livre?

Entre os compromissos assumidos pelos residenciais que recebem moradores idosos, destacam-se aqueles que oferecem o conforto desejado nas rotinas diárias, tais como auxílio em situações de emergência, apoio para facilitar os hábitos de higiene, alimentação balanceada e adequada a dietas com restrição, entre outros itens de acompanhamento para o bem-estar clínico e psicológico. Procuram oferecer […]Read Post ›

A setorização de um residencial para idosos por gênero ou outros critérios pode ser considerada excludente?

Uma discussão frequente, quando a organização de uma moradia institucional é colocada em pauta, refere-se ao alojamento de pessoas em processo de demência, quando o declínio da função cognitiva prejudica a memória e o raciocínio acarretam comportamentos inesperados e até impróprios no convívio com os que mantem autonomia. A questão não é somente “afastar” o […]Read Post ›