O crescente empreendedorismo maduro será o diferencial para que a moradia na velhice seja melhor?

Nos últimos anos, tem sido significativo o crescimento de empreendimentos voltados a atender demandas latentes da sociedade, em especial apropriando-se da evolução tecnológica que coloca o acesso na palma da mão. Ser proprietário de um carro já era discutível para quem poderia chamar um táxi para viagens eventuais, mas os aplicativos de “carona” tornaram-se frequentes […]Read Post ›

Idosos em moradias institucionais podem encontrar motivações estimulantes quando se dedicam a trabalhos voluntários?

Falar sobre moradias institucionais no Brasil envolve considerar preconceito, ainda muito arraigado no universo familiar brasileiro. Encaminhar um parente idoso a uma Instituição de Longa Permanência – ILPI – representa abandono para alguns, solução de cuidado para outros, mas geralmente pouco se considera sobre a opinião do próprio indivíduo em mudança. Ele precisa adaptar-se a […]Read Post ›

Por que tantos termos precisam ser utilizados quando se descrevem moradias na velhice?

Há algum tempo venho desenvolvendo reflexões sobre a quantidade de termos sendo utilizados para indicar moradias institucionais, tecnicamente chamadas de Instituições de Longa Permanência para Idosos – ILPI, termo formalmente definido para que houvesse parâmetros para o bom funcionamento. Além da quantidade de palavras, carrega o peso de ser uma “instituição”, o que as associa […]Read Post ›