Que estratégias têm sido adotadas em muitos países para retardar a necessidade de institucionalizar o idoso?

A busca por alternativas de moradia na velhice em geral advém da necessidade de maior assistência, da falta de cuidadores informais que ofereçam a atenção necessária em cada situação ou, mesmo, da dificuldade de conviver na mesma casa com outras gerações. Raramente são encontrados idosos que se mudam para os residenciais especializados porque desejam uma […]Read Post ›

Como moradores idosos utilizam praças que interligam quadras com casas e edifícios de apartamentos?

Frequentemente observamos praças ajardinadas, com equipamentos variados em mobiliário urbano e outros para atividade física, mas nem sempre podemos flagrar muitos usuários, especialmente idosos, que poderiam estabelecer encontros positivos e aproveitar o microclima que se estabelece entre árvores e outros elementos naturais. O que falta para que efetivamente utilizem esses espaços? Mesmo em bairros com […]Read Post ›

Idosos solitários sempre são impertinentes ou podem ajudar desalentados a reencontrar a felicidade?

Quantas vezes ouvimos histórias em que vizinhos se colocam tão disponíveis que chegam a um estágio insustentável, incomodando mesmo quando encontros furtivos sugerem que será difícil se desvencilhar de longas conversas. Idosos desenvolvem uma percepção de tempo diferente, de acordo com atividades menos urgentes e passíveis de serem postergadas. Assim, são tachados de impertinentes e […]Read Post ›

Que lugares de uma moradia institucional para idosos devem ser qualificados para a construção de vínculos significativos?

Desde 2015, tenho produzido ensaios que abordam aspectos diversos sobre moradias para idosos, sempre considerando a unidade habitacional, o condomínio, o bairro e a cidade. Pesquiso sobre novas alternativas, visto que a longevidade está aumentando significativamente e a natalidade em queda determina que os cuidadores familiares já não estão disponíveis para oferecer a atenção necessária […]Read Post ›

O que motiva as pessoas a caminharem nos espaços públicos, especialmente quando idosas?

Oriento uma pesquisa para mestrado, sendo desenvolvido pela arq. Mariana Alves do Nascimento, já qualificada. Foca as relações sociais no espaço urbano a partir das suas transformações, visto que a dinâmica da cidade muda quando são inseridos novos elementos construídos, especialmente edifícios de grande porte que resultem na presença de pessoas estranhas ao lugar. Atividades […]Read Post ›