Como moradores idosos utilizam praças que interligam quadras com casas e edifícios de apartamentos?

Frequentemente observamos praças ajardinadas, com equipamentos variados em mobiliário urbano e outros para atividade física, mas nem sempre podemos flagrar muitos usuários, especialmente idosos, que poderiam estabelecer encontros positivos e aproveitar o microclima que se estabelece entre árvores e outros elementos naturais. O que falta para que efetivamente utilizem esses espaços? Mesmo em bairros com […]Read Post ›

Idosos solitários sempre são impertinentes ou podem ajudar desalentados a reencontrar a felicidade?

Quantas vezes ouvimos histórias em que vizinhos se colocam tão disponíveis que chegam a um estágio insustentável, incomodando mesmo quando encontros furtivos sugerem que será difícil se desvencilhar de longas conversas. Idosos desenvolvem uma percepção de tempo diferente, de acordo com atividades menos urgentes e passíveis de serem postergadas. Assim, são tachados de impertinentes e […]Read Post ›

Que lugares de uma moradia institucional para idosos devem ser qualificados para a construção de vínculos significativos?

Desde 2015, tenho produzido ensaios que abordam aspectos diversos sobre moradias para idosos, sempre considerando a unidade habitacional, o condomínio, o bairro e a cidade. Pesquiso sobre novas alternativas, visto que a longevidade está aumentando significativamente e a natalidade em queda determina que os cuidadores familiares já não estão disponíveis para oferecer a atenção necessária […]Read Post ›

O que motiva as pessoas a caminharem nos espaços públicos, especialmente quando idosas?

Oriento uma pesquisa para mestrado, sendo desenvolvido pela arq. Mariana Alves do Nascimento, já qualificada. Foca as relações sociais no espaço urbano a partir das suas transformações, visto que a dinâmica da cidade muda quando são inseridos novos elementos construídos, especialmente edifícios de grande porte que resultem na presença de pessoas estranhas ao lugar. Atividades […]Read Post ›

Unidades habitacionais em condomínios exclusivos para idosos podem receber moradores mais jovens?

O preconceito com residenciais para idosos, oficialmente denominados Instituições de Longa Permanência para Idosos e associados aos antigos asilos, ainda é muito significativo no Brasil. Tenho insistido que considero urgente pensarmos em residenciais para idosos com características mais apropriadas para diferentes situações de velhice, pois é heterogênea e já não é mais aceitável pensarmos que […]Read Post ›

Como são as datas festivas, tais como Natal e aniversários, para idosos que vivem sozinhos em suas casas?

Morar sozinho é uma tendência contemporânea para pessoas solteiras, separadas por divórcio ou viúvas, especialmente quando não têm filhos ou eles constroem seus próprios lares. Algumas vezes há conflitos familiares que afastam pais e filhos, tornando os encontros raros e difíceis. Assim, podem mergulhar na solidão, já que ter objetivos estimula à atividade e ameniza […]Read Post ›