Quais providências a serem tomadas em casa para preservar os moradores mais frágeis contra doenças infecciosas?

A atual circunstância de isolamento social recomendado a todos para reduzir a disseminação do COVID-19 revelou que muitas doenças infecciosas poderiam ser menos fatais se tivéssemos hábitos simples de higiene pessoal, principalmente a lavagem correta das mãos. Mas o ambiente, especialmente o residencial, tem um papel fundamental na saúde e, neste momento de tantas informações […]Read Post ›

Quais os maiores riscos de desequilíbrio na ambiência de moradias institucionais na pandemia pelo Corona Vírus?

Estamos vivendo um período de muita ansiedade e angústia com o crescimento de casos de infecção e expansão da pandemia. As notícias provenientes das diversas partes do mundo, onde os governos agem na tentativa de acertar, diminuindo a expansão dos problemas de saúde, vêm ainda potencializadas por outras que registram as consequências econômicas causadas pelo […]Read Post ›

Como os residenciais para idosos acolhem as famílias que deixam seus parentes demenciados para serem cuidados?

Os impactos gerados pela mudança de um idoso que deixa sua habitação original para morar em um residencial especializado envolvem levar consigo apenas alguns itens pessoais e passar a conviver com pessoas desconhecidas, tanto outros moradores quanto os colaboradores que exercem as atividades de cuidado. Se um idoso com demência perde paulatinamente as memórias mais […]Read Post ›

Que dimensões devem ser observadas para que haja uma boa relação entre idosos institucionalizados e auxiliares do cuidado?

Nem sempre a mudança para residenciais assistidos decorre da decisão do próprio idoso, embora seja sempre preferível para que os impactos sejam minimizados. Basicamente, são duas questões que podem causar sofrimento: primeira, a necessidade de deixar para trás seus objetos, muitos deles coletados como parte da história do indivíduo e, portanto, responsáveis pela sua memória […]Read Post ›