Quais as condições para que pessoas adultas com necessidades especiais possam desfrutar de uma moradia independente e digna?

Moradia independente e digna para pessoas com necessidades especiais é uma demanda já percebida em muitos países ao redor do mundo e com exemplos interessantes, que podem inspirar iniciativas inovadoras no Brasil, ainda carente de alternativas que atendam o desejo de independência. As residências assistidas portuguesas, que oferecem apoio a idosos quando houver solicitação e […]Read Post ›

Manter-se ativo ao longo da vida facilita a autonomia para cuidados pessoais e manutenção da moradia?

A longevidade crescente na maioria dos países decorre de diversos motivos, desde a evolução da medicina no desenvolvimento de análises preditivas para doenças graves e de procedimentos que permitem manter uma vida normal apesar das doenças crônicas, até a difusão de informações relevantes sobre alimentação saudável e riscos relacionados com tabagismo e consumo de álcool. […]Read Post ›

É possível criar propostas que possibilitem adaptar convenientemente moradias para idosos com demência? 

Atualmente, com muita frequência encontramos profissionais dispostos a fornecer dicas “essenciais” para que os espaços domiciliares de pessoas idosas sejam convenientes para seu conforto e segurança. Ocorre que a velhice é heterogênea e não há fórmulas mágicas para atender casos tão diversos, já que cada moradia reflete a personalidade, a história e as preferências dos moradores. […]Read Post ›

Qual a importância de preservar a autonomia para garantir uma longevidade bem-sucedida?

Qualquer pessoa deseja ter controle sobre sua vida, especialmente em atividades corriqueiras e que garantam o prazer de agir por conta própria. A dependência pode levar à diminuição da autoestima, além de inibir iniciativas que poderiam preencher o tempo de modo produtivo. De acordo com o dicionário Michaelis online (https://michaelis.uol.com.br/busca?id=EMnj), autonomia é, entre outras definições: […]Read Post ›

Que mudanças urbanas poderão trazer melhores condições de uso da cidade para os idosos?

Cidades são planejadas pela perspectiva de equipes multiprofissionais capitaneadas por arquitetos, que integram as diversas premissas que definem seu crescimento. Mas para o arquiteto Joaquim Guedes, como registrado por Renato Anelli (https://vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/09.099/117), “a cidade real é insubmissa às vontades do arquiteto, exigindo dele entender os seus conflitos e conciliar suas ideias com a sociedade real, […]Read Post ›