Temer as mudanças ao longo da vida prejudica escolhas mais adequadas de moradia na velhice?

Cada indivíduo constrói seu espaço privado imprimindo características próprias, mesmo quando compartilha com outros membros da família. Os hábitos, as preferências e as capacidades são sempre peculiares, caracterizando a heterogeneidade no processo de envelhecimento. De um modo geral, podemos escolher, mesmo com limites de recursos, como desejamos morar. Porém, essa liberdade nem sempre se reflete quando a velhice se aproxima, exigindo algumas condições que manteriam o conforto anterior.

O personagem O Grande Inquisidor, na obra literária de Fiódor Dostoiévski “Os Irmãos Karamazov” (Rússia, 1879), é imaginado por um dos irmãos em um poema e condena Jesus por ter dado aos homens o poder do livre arbítrio:

“Os homens dizem amar a liberdade, mas, de posse dela, são tomados por um grande medo e fogem para abrigos seguros. A liberdade dá medo. Os homens são pássaros que amam o voo, mas têm medo dos abismos. Por isso abandonam o voo e se trancam em gaiolas.”

O objetivo deste texto é refletir sobre a capacidade de avaliar como cada moradia atende às necessidades dos seus ocupantes, especialmente quando há mudanças de rotina. Se há o desejo de “voar”, nesse caso associado a mudar o que já não serve mais, descartando excessos e reorganizando as rotinas para que fiquem mais confortáveis e seguras, nossos espaços de vida deveriam ser mais adequados a cada fase desse ciclo. Geralmente acomodam-se os elementos úteis em compartimentos que estejam à mão para auxílio nas rotinas. Em lugares altos ou nos fundos de gavetas ficam os que são pouco utilizados e que, um dia, voltem a servir a algum propósito, mesmo que para lembrar outros tempos. Talvez por isso seja tão difícil pensar na mudança para moradias coletivas com assistência profissional, o que demandaria descartar objetos e equipamentos para delegar a atenção a outrem.

Somos assim: sonhamos o voo mas tememos a altura. Para voar é preciso ter coragem para enfrentar o terror do vazio. Porque é só no vazio que o voo acontece. O vazio é o espaço da liberdade, a ausência das certezas. Mas é isso que tememos: o não ter certezas. Por isso trocamos o voo por gaiolas. As gaiolas são o lugar onde as certezas moram.”

O livre arbítrio possibilita decidir sobre o melhor modo de morar. Mas o medo do novo paralisa, atrasa, choca… Por isso a importância de um idoso mudar para um residencial convicto de que será para melhor. Afinal, além de deixar para trás seus objetos, também encontrará pessoas estranhas com as quais conviverá, mesmo que esporadicamente. É a mudança e o medo do desconhecido: o voo e o temor do abismo. Um idoso com capacidade cognitiva para tomar decisões deve ser sempre consultado sobre a possibilidade de viver melhor em uma moradia com os serviços e a atenção totalmente voltados para suas necessidades. É preciso considerar também sua liberdade de decidir, sempre apoiando seus medos e a saudade do que ficou para trás.

2 comments on “Temer as mudanças ao longo da vida prejudica escolhas mais adequadas de moradia na velhice?

  1. Fantástica frase:”“Somos assim: sonhamos o voo mas tememos a altura. Para voar é preciso ter coragem para enfrentar o terror do vazio. Porque é só no vazio que o voo acontece. O vazio é o espaço da liberdade, a ausência das certezas. Mas é isso que tememos: o não ter certezas. Por isso trocamos o voo por gaiolas. As gaiolas são o lugar onde as certezas moram.”
    Tinha lido mas nāo atentado a ela! Adorei !

    Curtir

    • Eduardo, algumas construções literárias nos oferecem reflexões bem interessantes, por isso as aproveito para desenvolver ensaios. Sempre vale a pena aprofundar, geralmente ficamos no raso e a vida vai passando… Obrigada pela sua participação frequente, gosto muito de compartilhamentos e comentários, são incentivos para continuar este trabalho tão solitário, torna-o mais significativo…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.